Marcas precisam ser verdadeiras para conquistar as pessoas

Marcas precisam ser verdadeiras para conquistar as pessoas

A história de que as aparências enganam tem sido levada a sério pelas pessoas. Sobretudo quando se trata da relação com as empresas. Hoje em dia, todos estão desconfiados de que certas marcas tidas como ecológicas ou responsáveis não são exatamente o que dizem ser. A chamada “era da informação” e o bombardeio de links nas redes sociais fizeram com que todos se conectassem mais, o que dificulta a vida de marcas mais preocupadas com as aparências do que com ações reais. Para uma empresa, é muito fácil dizer que está na luta por um mundo melhor, difícil é fazer isso na prática.

O cenário do consumidor hiperconectado e engajado nas mais diversas causas é uma oportunidade para empresas que de fato estão preocupadas em melhorar o mundo. O raciocínio é simples: se tem tanta marca por aí com responsabilidade social só até a página 2, naturalmente aquelas que tiverem ações reais vão chamar a atenção das pessoas e tendem a prosperar.

(Conheça o consumerismo, conceito com o qual as empresas precisam se familiarizar. Clique aqui e leia nosso post sobre o tema).

Você conhece esse ditado?

À mulher de César não basta ser honesta, tem de parecer honesta.

A frase que entrou para a história foi criada no longínquo ano de 62 a.C. quando o então imperador de Roma, Júlio César, se divorciou de sua esposa Pompeia Sula após desconfiar de uma traição. Ela havia promovido uma festa em que somente mulheres podiam comparecer. No entanto, um jovem que estava apaixonado por Pompeia conseguiu se infiltrar disfarçado na reunião.

Mesmo ciente de que não havia acontecido o adultério, Júlio César declarou que “a mulher de César deve estar acima de qualquer suspeita”, o que deu origem à célebre frase.

O ditado tem uma interpretação específica para o tema deste artigo. No caso das marcas, podemos dizer que há uma inversão:

Às marcas não basta parecerem engajadas, elas têm de ser engajadas.

Como o conteúdo pode ajudar

Está bem clara a importância do real engajamento para as marcas. Mas de que adianta realizar grandes iniciativas se o seu público não tiver conhecimento sobre isso?

A solução tem nome e sobrenome: estratégia de conteúdo.

A melhor forma de comunicar o seu público-alvo do que a empresa tem feito é por meio de posts em blog, redes sociais, email marketing, vídeos e outros canais de conteúdo. O que não pode acontecer é a empresa dedicar horas e energia a uma grande ação socioambiental e se esquecer de contar isso para quem mais precisa saber.

E já que falamos em conteúdo, por que não trazer um pouco do conceito de inbound marketing?

Para entender os fundamentos desse conceito, clique nessa imagem logo abaixo e faça o download do nosso e-book! =D

2017-05-11T15:39:49+00:0011/05/2017|